Rildo

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Um poema de Natal

Esse poema foi feito por meu pai  "Antonio Funga" quando eu estudava a 3ª série na Escola Rui Barbosa. Na época minha professora pediu pra os alunos fazerem um poema, como não consegui cheguei em casa chorando e Ele pegou um caderno e um lápis e escreveu:

Que grande felicidade
em se conseguir o Natal,
lembrar- se somente o bem
E se esquece do mal
Parabéns para vocês
porque da próxima vez
estaremos bem, afinal

Toinho Funga.

Um comentário:

Anita Garibalde Ramos Carneiro disse...

Lindo!
Repassei óbvio!
Seu Toinho é um literato nato!